halitose

A maioria dos casos de halitose (mau hálito) origina-se na boca, como resultado da formação da saburra lingual. Esta é uma massa esbranquiçada, composta por restos alimentares, células descamadas e bactérias. A halitose pode ainda estar relacionada com a presença e gravidade da doença periodontal. Ao contrário do que muitas pessoas podem imaginar o mau […]

Leia mais

clareamento

O clareamento dental é uma ótima solução para melhorar a aparência dos dentes manchados, com tons escurecidos ou envelhecidos. Existem dois tipos de clareamento: o de auto-aplicação, com uso de moldeira; e o realizado em consultório. Ambas as técnicas são efetivas mas a vantagem do clareamento em consultório é que o cirurgião dentista controla todo […]

Leia mais

cancer

O câncer de boca é uma denominação que inclui os cânceres de lábio e de cavidade oral (mucosa bucal, gengivas, palato duro, língua e assoalho da boca). Acomete principalmente tabagistas e os riscos aumentam quando o tabagista é também alcoólatra. Outros fatores predisponentes são idade superior a 40 anos, má higiene bucal e uso de […]

Leia mais

bruxismo

O bruxismo é o hábito de apertar e ranger os dentes e manifesta-se em qualquer período do dia, mas principalmente durante o sono. Os pacientes acometidos por este problema podem sofrer fortes dores de cabeça, desgaste dos dentes e distúrbios da articulação têmporo-mandibular. Se o apertamento for maior à noite, o período crítico de dores […]

Leia mais

boca-seca

A boca seca – conhecida, na área da Saúde, como xerostomia – é causada pela diminuição na produção de saliva. Acomete, com intensidade e duração variáveis, um grande número de pessoas e suas causas podem variar consideravelmente, como idade avançada, efeito colateral de certos medicamentos e diabetes, dentre outros. A saliva tem papel importante na […]

Leia mais

aftas

A afta ou úlcera aftosa recorrente é uma doença comum que ocorre em cerca de 20% da população, caracterizada pelo aparecimento de úlceras dolorosas na mucosa bucal, as quais podem ser múltiplas ou solitárias. Essas lesões permanecem cerca de 10 dias e não deixam cicatriz. Não se pode afirmar que existe uma causa específica. A […]

Leia mais